Governo do Rio de Janeiro Rio Poupa Tempo na Web Governo Aberto RJ Página inicial
Aumentar letra    Diminuir letra    Letra normal
Compartilhe nas mídias sociais  
Home :: Plantão dengue :: Notícias

Notícias

Pesquisa analisa reações do Aedes a estímulos de luz e calor
Brasil - 01/02/2019

A descoberta pode ter impacto na disseminação de doenças, uma vez que os padrões de locomoção interferem em aspectos importantes da biologia dos insetos

Pesquisa analisa reações do Aedes a estímulos de luz e calor

Um estudo liderado pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) aponta que mosquitos Aedes aegypti e Culex quinquefasciatus apresentam reações diferentes aos estímulos de luz e calor, fatores fundamentais na regulação do relógio biológico dos seres vivos. O Culex –conhecido pernilongo ou muriçoca – guia seus ciclos de atividade e repouso pelas variações de luminosidade. Já o Aedes, o vetor da dengue, zika e chikungunya sofre maior influência da temperatura.

Segundo a pesquisa, a reação do Aedes aegypti é inesperada. A maioria das pesquisas relacionada ao ritmo circadiano dos mosquitos é realizada, conforme explicam os cientistas, com ciclos de claro e escuro, para simular o dia e a noite, e temperatura constante de 25°C. Porém, na natureza, a temperatura varia juntamente com a luminosidade e esse é um fator importante para o ajuste do relógio biológico. No trabalho, os pesquisadores simularam diferentes condições de luz e calor. Eles observaram que os Aedes, que normalmente são diurnos, trocam o dia pela noite quando confrontados com um dia frio e uma noite quente.

A descoberta pode ter impacto na disseminação de doenças, uma vez que os padrões de locomoção interferem em aspectos importantes da biologia dos insetos, incluindo metabolismo, gasto energético, bem-estar e eficiência para transmissão de patógenos.

Ritmos diários

Todos os seres vivos contam com mecanismos para ajustar seus comportamentos aos ciclos diários de 24 horas. A alternância entre vigília e sono é o exemplo clássico do ritmo circadiano, mas diversos outros comportamentos são regulados pelo relógio biológico. Nos mosquitos, os mais importantes são atividade locomotora, reprodução, busca pelo criadouro, postura de ovos e busca pelo hospedeiro – ou seja, fonte de sangue para alimentação.

Leia mais sobre a pesquisa na Agência Fiocruz de Notícias


Denúncia de focos



As secretarias Municipais de Saúde são as responsáveis pelo combate direto ao mosquito.

Clique aqui e veja como entrar em contato com a secretaria de sua cidade.
Acompanhe o Rio Contra Dengue nas mídias sociais

Facebook Twitter Youtube
Secretaria de saúde
Links interessantes:
PET Rio sem fumo Rio imagem Rio com Saúde Xô, Zika !!


Alguns direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil